top of page

Depoimento: Eu acreditava ser a pior pessoa do mundo.

Antes de conhecer a TRG, minha vida era uma constante batalha contra a ansiedade. Eu sentia medo de tudo e acreditava ser a pior pessoa do mundo. Minha autoestima era inexistente; eu não me amava, não tinha prazer em me cuidar, e sempre me sentia inferior a todos ao meu redor. A vergonha e a timidez me dominavam, e eu tinha um medo paralisante de ser feliz, pois achava que não merecia. Quando algo bom acontecia, parecia estranho e eu não sabia como lidar.


Minhas experiências na escola foram marcadas por bullying, o que deixou cicatrizes profundas. Eu andava de cabeça baixa, evitava contato visual e tinha vergonha de falar em público ou me expressar. Me afastei da minha família porque não tinha paciência e me sentia desconfortável em meio a muitas pessoas. Meu casamento também estava em crise; eu sofria maus-tratos, traições e desprezo, mas aguentava tudo em silêncio, incapaz de me posicionar.


Minhas crises de ansiedade eram devastadoras. Sentia dor no peito, falta de ar e chorava constantemente. Muitas vezes, eu tinha crises de pânico dentro do ônibus, o que me forçava a voltar para casa ou procurar ajuda na UPA, desesperada. Meu trabalho sofria, pois eu passava mais tempo no médico do que no escritório.


Tudo mudou quando encontrei a TRG. A transformação foi gradual, mas cada sessão me trouxe um passo mais perto da libertação dos meus medos. Hoje, sou uma pessoa completamente diferente. Me sinto feliz, consigo me olhar no espelho e me achar bonita. Desenvolvi autoconfiança e autoestima. Aprendi a me cuidar e a me priorizar. A timidez que antes me dominava agora não faz mais parte da minha vida. Consigo me relacionar muito bem com as pessoas e não me sinto mais culpada por estar feliz.


Uma das maiores mudanças foi a capacidade de dizer "não" com facilidade. Ganhei força e estrutura para lidar com problemas e adversidades. Não fujo mais, nem me escondo de nada nem de ninguém. Acredito em um futuro próspero e feliz. Fui libertada das algemas que me prendiam e, hoje, sei quem eu sou.


Sou eternamente grata por ter encontrado a TRG e por todas as mudanças positivas que ela trouxe para minha vida. Hoje, estou verdadeiramente livre e em paz.


O reprocessamento generativo foca nas dores emocionais carregadas ao longo da vida. Criando barreiras e obstáculos, muitas vezes invisíveis, que dificultam o caminhar no presente e o vislumbre de perspectivas futuras.


Entre em contato comigo e veja como posso lhe ajudar...



0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page