O que você quer ser quando ... , mudar?!


Uma pergunta que vemos muito enquanto somos criança ou jovem é, o que você quer ser quando crescer?!

Pois bem, se analisarmos as circunstâncias desejamos ser muitas coisas, desde astronauta, jogador de futebol, médico, cantora entre tantas outras profissões. É claro que isso vem mudando, pois, as profissões também mudaram, mais em sua essência sempre que questionados somos imbuídos do desejo de ser algo que criamos em nossa mente.

Agora a pergunta que realmente deveríamos fazer é, o que você quer ser quando mudar?!

Sim, mudar, mudar a forma como encaramos o mundo ou como vemos aquilo que nos cerca. E veja bem, não estou aqui querendo acabar com os sonhos de crianças, estou apenas querendo direcionar as pessoas para que busquem realmente o que vale, o que importa.


Para que você consiga realizar seus sonhos muitas vezes somos paralisados, impedidos ou até mesmo sabotados pelas nossas crenças limitantes; pois bem, então isso quer dizer que não vamos conseguir nunca realizar nossos sonhos?! Pelo contrário o que quero dizer é que para realizar nossos sonhos, precisamos antes transforma-los em metas e então começar o processo em busca dele.


Em nosso papel como pai, mãe etc., temos que auxiliar nossos filhos no entendimento desse processo, com as dificuldades, benefícios, possibilidades e preparação, levar a entendimento que a jornada é dura e longa. Vivemos em mundo onde as ditas “celebridades” e “sub-celebridades” mostram uma felicidade e possibilidades infinitas como algo de fácil acesso, mas sabemos que a realidade é bem diferente.


Gosto muito do exemplo do ex-jogador de basquete Oscar Schimdt, que é considerado o melhor jogador brasileiro de todos os tempos, também conhecido como “mão santa”, isso porque ele conseguia realizar arremessos em situações complicadas de diversos locais da quadra e mesmo sobre pressão conseguia marcar os pontos. Pois bem, ele disse por diversas ocasiões que nunca gostou de ser chamado de “mão santa”, pois ele justificava que tinha êxito nos arremessos devido aos longos treinamentos que realizava. Ao final de todos os treinos ele, acompanhado com sua esposa, ficava realizando arremessos de diversos pontos da quadra. Mais não era algo aleatório ele tinha metas a serem cumpridas, exemplo, quando ele arremessava de um determinado ponto ele estabelecia uma quantidade de acertos naquele ponto sem errar nenhum, caso errasse ele recomeçava novamente.

É claro que todos vemos apenas o resultado final, o momento em que ele jogando realizava grandes jogadas, porém poucas são as pessoas que sabem do sacrifício e dedicação em seus objetivos.

Como sabemos, muitas são as possibilidades de justificativas que podemos dar quando não conseguimos sequer iniciar o processo de nossos sonhos/metas.

Então a primeira coisa que precisamos ter em mente é a determinação de mudar, analisar as consequências e como isso vai nos deixar mais felizes por conseguir atingir nossos objetivos. O entendimento dessas coisas, por vezes, são difíceis de serem aceitas ou até mesmo compreendida, por isso o auxílio de um coach pode te ajudar nesse processo.


Bem, o que fica claro é que quanto mais você for organizado em sua vida, mais disciplinado e com propósito mais conquistas você terá, de forma mais assertiva e clara.

Marco Aurélio, Imperador Romano, certa vez disse:

“...todos nós nos amamos mais do que as outras pessoas, mas nos importamos mais com a opinião delas do que com a nossa.” (Meditações, Editora Kiron)

Por isso a necessidade de sermos disciplinados, ter foco quando traçarmos nossas metas e no processo de cumpri-las. Para isso tenha sempre em mente o seguinte:

- Tenha propósitos claros, bem definidos;

- Faça um planejamento estruturado;

- Conheça suas habilidades;

- Tenha ciência dos seus pontos fracos para enfrenta-los de frente;

- Depois de tudo isso é hora da ação, mãos à obra.


Meu trabalho é ajudar nesse processo, fico a disposição para conversarmos e iniciarmos esse processo, entre em contato.

1 visualização0 comentário