top of page
Buscar
  • Luiz Carlos Silva Junior

O Livro de Mórmon e a Liberdade

Por Brian M. (Brian é o criador de LatterdayConservative.com e LDSFreedomForum.com)- Traduzido e Adaptado por Luiz Carlos Jr.

Como membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, temos a responsabilidade de compartilhar o evangelho e ajudar o Senhor a estabelecer Seu reino na Terra. Também temos a responsabilidade de defender a liberdade. O Profeta John Taylor disse:


..os elderes de Israel começam a entender que eles têm algo a ver com o mundo politicamente e também religiosamente, que é seu dever estudar os princípios políticos corretos, bem como os religiosos, e procurar conhecer e compreender o social e interesses políticos do homem... [JD 9:340]


O Livro de Mórmon é um Guia para Nossa Vida


Fomos abençoados com o Livro de Mórmon, que pode ser usado como guia no cumprimento de nossos deveres e para sermos discípulos eficazes nesta continuação da Guerra do Céu na Terra. Uma guerra para defender nosso arbítrio dado por Deus e a liberdade sobre a força e a servidão do adversário.


O Profeta Gordon B. Hinckley nos lembrou em 2005 da importância do Livro de Mórmon como um guia em nossa vida hoje:


A narrativa do Livro de Mórmon é uma crônica de nações há muito desaparecidas. Mas em suas descrições dos problemas da sociedade de hoje, é tão atual quanto o jornal da manhã e muito mais definitivo, inspirado e inspirador no que diz respeito às soluções desses problemas…

O Deus do céu falou a esse povo das Américas por meio de profetas, dizendo-lhes onde a verdadeira segurança poderia ser encontrada: “Eis que esta é uma terra escolhida; e qualquer nação que a habitar se verá livre da servidão e do cativeiro e de todas as outras nações debaixo do céu, se apenas servir ao Deus da terra, que é Jesus Cristo, o qual foi manifestado pelas coisas que escrevemos.” (Éter 2:12). [Gordon B. Hinckley, “Um Testemunho Vibrante e Verdadeiro”, A Liahona, agosto de 2005]


O Profeta Ezra Taft Benson também falou do Livro de Mórmon como um guia para a Liberdade:


As escrituras também falam sobre nossa Constituição inspirada. Se você aceitar essas escrituras, automaticamente rejeitará o conselho de homens que depreciam nossa Constituição. Se você usar as escrituras como um guia, saberá o que o Livro de Mórmon tem a dizer sobre conspirações assassinas no último dia e como devemos acordar para nossa terrível situação hoje (ver Éter 8:18–25). Percebo que certos membros da Igreja não gostam muito de ler o Livro de Mórmon e Doutrina e Convênios — eles têm muito a dizer sobre liberdade. [“Uma corrida contra o tempo” 17; também em TL 80-81; TETB 81]


Use o Livro de Mórmon para Expor Falsidades


O Livro de Mórmon é a Pedra Angular de nossa religião e, como tal, deve ser tido em alta consideração e pode ser usado para nos inspirar em todos os âmbitos de nossa vida, não apenas na religião. Em seu discurso, O Livro de Mórmon é a Palavra de Deus, o Profeta Ezra Taft Benson lamentou o fato de que os santos não estavam usando o Livro de Mórmon o suficiente para combater os falsos ideais do mundo, incluindo o socialismo:


Agora, não temos usado o Livro de Mórmon como deveríamos. Nosso lar não é tão forte a menos que o usemos para levar nossos filhos a Cristo. Nossas famílias podem ser corrompidas por tendências e ensinamentos mundanos, a menos que saibamos como usar o livro para expor e combater as falsidades do socialismo, evolução orgânica, racionalismo, humanismo, etc. por isto, ...nossa nação continuará a degenerar a menos que leiamos e prestemos atenção às palavras do Deus desta terra, Jesus Cristo, e paremos de construir e defender as combinações secretas que o Livro de Mórmon nos diz que provaram a queda de ambas as civilizações americanas anteriores. [O Livro de Mórmon É a Palavra de Deus. Ensign, maio de 1975, p. 63.]


O Livro de Mórmon é para todas as pessoas


O Livro de Mórmon não é apenas para os santos dos últimos dias, é para todos e é especialmente relevante para aqueles que vivem no continente americano. O Profeta Ezra Taft Benson falou sobre este assunto:


Peço a Deus que todo cidadão desta terra leia o Livro de Mórmon em espírito de oração e aprenda algo sobre as profecias feitas a respeito desta terra - as promessas feitas e as condições sob as quais são feitas - para que possamos, como povo americano, viver de modo que essas grandes promessas poderiam ser plenamente realizadas; para que possamos saber que a Constituição desta terra foi estabelecida por homens que o Deus do céu levantou para esse mesmo propósito. [“Uma Mensagem Mundial” 432; também em TL 213]


O Livro de Mórmon: Um Padrão para a Liberdade


Um dos tópicos mais prevalentes no Livro de Mórmon é a liberdade e o povo do Senhor que lutou para defendê-la, bem como a oposição, a Combinação Secreta, que procurou destruí-la. O Livro de Mórmon também relata as histórias dos grandes estadistas do passado; seria sensato que nos modelássemos após esses homens poderosos. Considere estas palavras inspiradas do Profeta Ezra Taft Benson:


O General Morôni, um dos grandes homens do Livro de Mórmon, ergueu o “título da liberdade” e nele inscreveu estas palavras:


“Em memória de nosso Deus, nossa religião e liberdade, e nossa paz, nossas esposas e nossos filhos...” (Alma 46:12.)


Por que ele não escreveu sobre isso “apenas viva sua religião, não há necessidade de se preocupar com sua liberdade, sua paz, suas esposas ou seus filhos.”? A razão pela qual ele não o fez foi porque todas essas coisas faziam parte de sua religião assim como são da nossa.


Ouça o que o Livro de Mórmon tem a dizer sobre o homem que ergueu o “título da liberdade”:


”E Morôni era um homem forte e poderoso; ele era um homem de perfeita compreensão; sim, um homem que não tinha prazer no derramamento de sangue; um homem cuja alma se regozijava na liberdade e independência de seu país e com a libertação de seus irmãos da servidão e do cativeiro;


“Sim, e ele era um homem firme na fé em Cristo; e havia prestado juramento de defender seu povo, seus direitos, e seu país e sua religião, mesmo com a própria vida.” (Alma 48:11,13.)


E então Morôni recebe este grande tributo:


“Sim, em verdade, em verdade vos digo, se todos os homens tivessem sido e fossem e pudessem sempre ser como Morôni, eis que os próprios poderes do inferno teriam sido abalados para sempre; sim, o diabo nunca teria poder sobre o coração dos filhos dos homens”. (Alma 48:17)


Agora, parte da razão pela qual não temos portadores do sacerdócio suficientes para salvar a Constituição, muito menos para abalar os poderes do inferno, é, eu temo, porque ao contrário de Morôni, nossas almas não se alegram em manter nosso país livre e estamos não firmes na fé de Cristo, nem juramos defender nossos direitos.

[por Ezra Taft Benson. Nossa responsabilidade imediata. Devocional da BYU, 25 de outubro de 1966.]


Há uma grande e urgente necessidade de homens e mulheres de hoje serem como o capitão Morôni dos dias modernos.


A Guerra no Céu Continua na Terra


Em 1942, a Primeira Presidência da Igreja SUD nos alertou sobre a guerra de Satanás contra nossa liberdade e também reconheceu que muitos iriam ignorar isso.


Satanás está guerreando contra... os próprios fundamentos sobre os quais repousam a sociedade, o governo e a religião... Ele planeja destruir a liberdade econômica, política e religiosa, e estabelecer em seu lugar a maior e a mais completa tirania que já oprimiu os homens. Ele está trabalhando sob um disfarce tão perfeito que muitos não reconhecem nem ele nem seus métodos... Ele vem como um ladrão de noite; ele é um lobo em pele de cordeiro. Sem que saibam, o povo está sendo levado a trilhar caminhos que conduzem apenas à destruição [Primeira Presidência Heber J. Grant, J. Reuben Clark Jr., David O. McKay, Conference Report, outubro de 1942, p. 14]


Embora este aviso tenha sido dado há mais de 80 anos, ainda é relevante hoje. Não consigo imaginar que Satanás teria diminuído sua busca para destruir os justos. Acredito que o contrário é verdadeiro e que ele e seus asseclas continuam.


A verdade vos libertará


Após a chamada derrota do comunismo, muitos, mesmo aqueles no movimento contra ele, adormeceram pensando que tudo está bem, infelizmente nem tudo está bem em Sião. Satanás é astuto e muitas de suas obras são em segredo; até hoje o povo da América e do mundo continua a aceitar o socialismo e outras falsas ideias mundanas.


É responsabilidade daqueles de nós que estão acordados ajudar nossos irmãos e irmãs e trazê-los da ignorância para a luz. “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8:32)

Gostaria de encorajar todos vocês que amam a liberdade a incluir o Livro de Mórmon como uma das ferramentas que usam para divulgar a mensagem de liberdade para os outros, SUD e não SUD. O Senhor nos disse por meio do Profeta Joseph Smith que “se tendes o desejo de servir a Deus, sois chamados para o trabalho”. (D&C 4:3)

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page